12 Motivos para passar a usar o Linkedin com mais frequência

Você vem usando o LinkedIn? Seguem 12 motivos para usar o LinkedIn com mais frequência. O LinkedIn é uma rede social “profissional” que tem crescido bastante no Brasil e que acredito que seja vantajosa tanto para empresas (em relação a posicionamento de mercado) quando para pessoas (em relação a seu posicionamento de carreira). Se você nunca usou o LinkedIn, sugiro que leia algum outro post da internet antes deste para entender melhor como funciona a rede e suas características básicas - por exemplo este link ou este.

Especificamente para pessoas (e não empresas), acredito que o LinkedIn seja muito bom, por exemplo, para:


a) Fazer networking nas suas áreas de interesse;

b) Encontrar ex-colegas;
c) Prospectar novos negócios com seus contatos;
d) Manter contato com clientes e parceiros;
e) Postar conteúdo relevante na sua área de expertise;
f) Seguir empresas, estar atualizado de novas vagas;
g) Procurar emprego;
h) Criar sua marca pessoal online;
i) Ter seu currículo disponível online 24 horas por dia sem ter que pagar nada;
j) Participar de grupos de discussão em suas áreas de interesse;
k) Estar atualizado com as novidades profissionais de seus contatos
l) Etc...

Seguem abaixo alguns highlights do LinkedIn que acredito serem muito úteis e que gostaria de compartilhar com vocês, principalmente com aqueles que não costumam usar a rede:

1- Seu currículo estará disponível online de forma simples, direta, padronizada e organizada.

Esta é uma característica básica dessa rede social e que acredito que seja uma forma bastante útil de se utilizar a internet para procurar emprego ou mesmo se posicionar no mercado. Seu currículo está lá à vista (online 24h por dia) e oportunidades podem surgir (recrutadores apresentando vagas, novos negócios, bom networking etc).A título de exemplo segue aqui uma versão pública do meu perfil no Linkedin (que funciona, como comentei, como um currículo online).

2- É uma rede social com um um tom mais "sério", "profissional". As interações que acontecem ali são mais focadas em carreira, networking, indicação etc.


Gosto da ideia de redes sociais "de nicho", porque as interações que acontecem ali acabam sendo de maior qualidade, mais focadas. No LinkedIn há a interação comum às redes sociais (posts, troca de mensagens, adicionar novas conexões, preencher perfil), mas há também mais oportunidades de surgirem interações de maior qualidade e que gerem mudanças positivas na vida do usuário (uma recomendação de um ex-colega de trabalho, um novo emprego, um novo fornecedor etc).


3- Você pode destacar seus "skills" (habilidades), e mostrar mais qualidades pessoais (e não só títulos e cargos); suas conexões podem recomendá-lo por essas qualidades.


Gosto desse recurso porque é algo não muito comum em currículos (apresentar suas habilidades em forma de lista) e acredito que seja algo muito importante para encontrar bons profissionais. É também um recurso "social" (pois outras pessoas podem endossar as habilidades que você listou). Você escolhe quais são seus "skills" e as pessoas poderão lhe recomendar por eles. Vejam abaixo um print da minha tela de skills e as recomendações:



como usar o Linkedin, Linkedin, linkedin para empresas, motivos para usar o LinkedIn, para que serve o linkedin, por que usar o linkedin, Redes Sociais, carreira,



4- Suas conexões podem lhe recomendar por seu trabalho.


Gosto bastante desse recurso, também bastante "social" (não posso deixar de lembrar que parece o "Testimonial" do Orkut - que vai sair do ar em breve!). Ele ajuda a fazer com que seu perfil, posições e habilidades tenham endosso de outras pessoas (ou seja, não é só você que está falando, outros também concordam e atestam em público).


5- Existe espaço para customização; ajuda você a criar sua marca pessoal.


O LinkedIn te permite customizar vários elementos do seu perfil, como a foto que você irá colocar, o título que você vai eleger para te representar, o texto que resumirá um pouco de sua carreira e conquistas etc. Para aqueles que aderem à versão paga (LinkedIn Premium) é possível editar a capa (como ocorre no Twitter, Facebook e Google+ por exemplo). Gosto bastante dessa possibilidade de customização: apoia a pessoa na criação de sua marca profissional. Recentemente coloquei uma capa nova, segue abaixo como ficou a parte de cima do meu perfil, aqui mostrando capa, foto e título:



como usar o Linkedin, Linkedin, linkedin para empresas, motivos para usar o LinkedIn, para que serve o linkedin, por que usar o linkedin, Redes Sociais, carreira,


6- Você pode criar uma página para sua empresa.


Como existem as páginas no Facebook e no Google+, no LinkedIn você pode criar uma página customizada para sua empresa e lá publicar vagas e outras atualizações. Recurso útil para auxiliar no branding da empresa.


7- Você pode enviar e receber mensagens para possíveis parceiros ou recrutadores.


Assim como a maioria das redes sociais, no LinkedIn você pode enviar mensagens privadas para seus contatos. Para enviar mensagens a terceiros (pessoas que sejam conexões de 2o grau ou 3o grau, é preciso que você adicione a pessoa antes, ou, na versão paga, envie um InMail)


8- Ferramenta muito útil para procurar emprego: você pode seguir a página de empresas, acompanhar as novas vagas etc.


Ótima ferramenta para quem está em busca de emprego. O próprio LinkedIn ajuda na busca com este recurso específico aqui.


9- Você pode postar links e pequenos trechos interessantes.


Gosto muito desse recurso, diariamente leio links postados pela minha rede no LinkedIn. No geral são links mais focados em negócios, carreira, economia, finanças e outros temas mais "profissionais". De novo, o fato de ser uma rede "de nicho" traz benefícios à qualidade das interações, inclusive quanto ao conteúdo compartilhado.


10- Você pode participar de grupos e comunidades.


Outro ótimo recurso para fazer networking e estar atualizado sobre o que se está discutindo (ou eventos, textos) na sua área.


11- Você pode pesquisar competidores e não ser visto.


No painel de configurações você consegue optar que outras pessoas não vejam que você visitou suas páginas (aparecerá como "anônimo"). Eu pessoalmente não acho essa investigação oculta muito saudável, e deixo todos saberem quando visito o perfil, mas há pessoas que preferem a versão anônima. Essa é outra característica semelhante ao querido (e em processo de sair do ar) Orkut


12- Escrever artigos.


Ferramenta liberada recentemente pelo LinkedIn, permite que usuários publiquem artigos. Este link mostra como funciona. Eu gosto bastante dessa nova ferramenta e tenho publicado diversos artigos por lá! Para ler os artigos, clique aqui.


Espero que, como eu, vocês fiquem a cada dia mais empolgados com as possibilidades da internet e cresçam muito em suas carreiras!


Se vocês tiverem histórias interessantes de como o LinkedIn ajudou a encontrar um novo emprego ou uma grande oportunidade, sintam-se à vontade para compartilhar nos comentários.



***

Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, clique aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me

Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups


Foto: Panter Media / CrayonStock