13 Estratégias Cruciais de Marketing para Pequenos Empreendedores que Buscam Sucesso

Olá, pessoal, bom dia! Hoje temos o guest post escrito pela Flávia Sales, confiram:

13 Estratégias Cruciais de Marketing para Pequenos Empreendedores que Buscam Sucesso

Para o empreendedor obter sucesso é preciso conhecimento, dedicação e inovação para manter o negócio aberto e lucrativo. Infelizmente, muitos não sabem como de fato fazer isso e ainda, sem ter de investir altos valores em marketing. O marketing chega até ser visto como algo para aplicar apenas quando a empresa está indo bem e deseja expandir, como um departamento a ser inserido na empresa em um momento já maduro. Este é o principal erro dos empresários brasileiros. Afinal, ele é muito importante para ficar em apenas um departamento.

O marketing se torna estratégico quando de fato cria vantagem competitiva para a empresa. Não fica apenas na comunicação visual, fazendo sites e postando nas redes sociais. O propósito do marketing estratégico é entregar proposta de valor para os clientes, sócios, funcionários, sociedade e demais stakeholders. Só por meio desta entrega de valor ela poderá se posicionar adequadamente e se consolidar no mercado em que atua. Mudar este pensamento de que o marketing é apenas fazer propaganda e ainda custa caro, é o primeiro passo para o empreendedor expandir sua visão sobre seu negócio, por menor que ele seja.

A maioria dos materiais disponíveis sobre marketing apresentam alternativas não muito realísticas para o cenário das empresas brasileiras, que ao contrário dos casos de sucesso exemplificados nestes materiais, não dispõem de grandes quantias para investimentos. É claro que existem materiais específicos para pequenas empresas, o SEBRAE é referência no assunto, mas poucos são os exemplos práticos para ações de marketing. O conteúdo volta-se para a explicação e não as aplicações de como fazer acontecer estas ações em si. Além disso, já virou recomendação padrão que pequenas empresas usem a internet para se promover, devido aos baixos custos de investimento e rápido retorno. No entanto, é certo dizer também na internet a proporção de investimentos de grandes empresas chegam ser desleais em relação às pequenas, que sofrem também com falta de conhecimento técnico sobre SEO , links patrocinados, social media e outros termos do marketing digital.

Por isso, vão aqui algumas dicas estratégicas:

1.   O que você vende?

Antes de abrir seu negócio ou caso esteja com as vendas "empacadas", (re)faça seu plano de negócios usando o Canvas, ferramenta de inovação de negócios. Seu objetivo é identificar seu público-alvo, sua proposta de valor para este público, como fará para entregá-la e quanto/como receberá por ela. Recomendo a leitura deste post  sobre o assunto.

2.   Quem você é?

Posicionar sua marca (empresa ou produto) é crucial para criar seu material de comunicação. A maioria das pessoas primeiro criam um nome e logomarca, site e folders e depois percebem que a comunicação não reflete o que fazem. Então antes de criar sua estratégia de comunicação, incluindo sua identidade visual, defina seu posicionamento. Depois disso, sugiro que leia este post  para te ajudar com os materiais.

3.   Mostre a cara!

Divulgue sua empresa, pois quem não é visto não é lembrado. Mas tente pensar fora da caixa, isto é, quem quer ser líder não adianta ter apenas o site, perfil em rede social, e-mail marketing e um telefone. Existem inúmeras formas de atrair e reter seus clientes, use tudo o que tiver ao seu alcance. Certa vez mandei telegramas a uma lista de convidados e a aceitação foi surpreendentemente enorme. Os convidados ficaram curiosos em receber um telegrama e isso ajudou a evitar que descartassem a mensagem sem ler, como ocorre com e-mails.

4.   Não deixe seus funcionários de lado

Ninguém vende o que não acredita. Os funcionários podem ser o melhor aliado ou pior inimigo do seu negócio. Infelizmente, muitas empresas não enxergam isso. Mas as que enxergam e implementam ações de endomarketing obtém ótimos resultados em aumento de vendas, valorização da marca, relacionamento com o cliente e redução de custos. Leia este post.

5.   Expanda seu negócio e não sua empresa

Enxergue seu negócio como um ser em evolução. Procure formas de vender mais para seus clientes atuais antes de atender novos mercados. Estudos comprovam que os custos de uma nova venda para clientes da base são muito menores do que adquirir novos clientes.

E agora algumas dicas práticas:

6. No início de seu negócio, use seus contatos para vender e obter indicações. O marketing boca a boca ainda é uma das estratégias mais bem sucedidas. Incentive sua rede de relacionamentos a te recomendar ou mesmo prestar depoimentos dando algum benefício, seja um desconto ou um brinde.

7. Use e abuse do poder da permuta. Sim, muitos profissionais estão dispostos a trocar serviços ao invés de tirarem dinheiro do bolso. Levante os serviços que precisa e faça contato com quem pode te atender e ofereça a permuta. 

8. Faça parcerias. Empresas pequenas são mais fortes juntas do que separadas. Aliar-se a uma empresa séria é uma ótima forma de aumentar leads e clientes, conseguir valores mais competitivos junto a fornecedores, agregar mais valor ao serviço, além de parecer maior do que realmente é. 

9. Faça barulho com cada novo cliente. Coloque uma cláusula em todos os seus contratos de que o cliente autoriza divulgá-lo como cliente. Inclua também vídeos de depoimentos se puder. 

10. Use o Inmail do Linkedin e/ou Inbox do Facebook (depende do seu negócio) para apresentar seu negócio e fazer contatos com quem não tinha antes. Está é uma ação barata de Geração de Oportunidades (Lead Generation).

11. Consiga o máximo de cupons de desconto que puder. Ao se cadastrar em serviços como o Google Adworks, LinkedIn, Facebook e outros de publicidade, após um tempo de inatividade na conta, você receberá com certeza um email oferecendo código promocional para voltar a ativar sua conta. Faça o cadastro e espere umas duas semanas e você verá o e-mail com o presente, com certeza! 

12. Ao invés de contratar agências de marketing, saiba que você pode contratar consultores ou mesmo profissionais freelancers, assim o poder de barganha é seu. Se cadastre no Prolancer e diga o quanto quer/pode pagar para tal trabalho e aqueles que estiverem dispostos em fazer o trabalho pelo valor que você quer pagar entrarão em contato. É uma forma de manter o orçamento controlado e obter marketing profissional. Lembre-se de que muitos profissionais fazem "bicos" por fora para complementar a renda. 

13. Faça uso de ações de inbound marketing (marketing de conteúdopara se posicionar como referência no seu mercado, melhor sua posição nos buscadores, aumentar sua lista de e-mails e gerar mais leads. É um excelente custo X benefício para pequenas empresas. 

Aproveite e se cadastre em minha lista VIP para receber todas as atualizações do blog com outras dicas práticas de marketing: www.flaviasales.com/inscrever 

Sobre a autora: Flávia Sales é consultora em estratégias de marketing, comunicação e vendas em mercados B2B e B2C. www.flaviasales.com | mkt@flaviasales.com 

***

Obrigada à Flávia pela participação no post de hoje! Para você que acompanha o Startup Blog Brazil, seguem alguns informes:

Se você quer ficar sabendo quando os próximos vídeos forem lançados, inscreva-se no meu canal do YouTube. Se você quer receber os próximos posts deste blog por email, clique aqui.

Na coluna da direta deste blog você encontrará os posts mais populares, assim como o arquivo com todos os posts publicados. Se você sentiu falta de algum tema, escreva-me.

 Até a próxima!

Luiza S. Rezende
Advogada empresarial especializada em startups